Amor…

amor
foto

Amor…

10,00 

Autor: Frankelim Amaral

Nº de Edição: 1ª

Número de páginas: 64

ISBN: 979-109737011-4

Género:  Prosa Poética

Idioma: Português

Descrição do Produto

Pouca coisa é necessária
para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios.

Martin Luther King

Neste livro escrevo sobre o Amor.
Escrevo sobre o amor físico e espiritual, o amor por alguém e de alguém, o amor pela vida e pela morte, o amor pelo «eu».
Escrevo, também, pelo amor à esperança, à vontade, ao sonho e ao acreditar.
Assim, escrevo sobre o Amor, pelo Amor e sempre com Amor!
É certo haver várias maneiras de amar mas, no meu modo de ser, que transponho para a minha escrita, tenho quase sempre necessidade de traduzir o amor como uma ligação a outrém ou
a algo.
Amamos o outro não porque é a nossa metade, mas sim porque ele nos faz falta, sentimos um vazio quando esse “outro” não está presente na nossa vida.
Apesar de tudo e objetivamente, eu não procuro o amor, nem nunca o procurei… de que modo iria eu fazer essa busca???
Até porque, sei que o amor pode significar desilusão, quando nele pensamos como Amor e ninguém gosta de se desiludir…
Sei que o amor transforma-nos, dá-nos vida, mas também nos mata e consome!
Penso que o amor, como sentimento imenso e infinito, pode ser reduzido a somente algumas das mais belas palavras, mas pode, também, magoar-nos e transformar-se numa cicatriz permanente.
Penso, que para se poder falar de amor é preciso primeiro alcancá-lo e depois perdê-lo, só então poderemos transpor para palavras os nossos sentimentos e emoções, fruto dessa vivência.
Precisamos de desilusões e de cicatrizes!
E é sempre o amor que nos guia à eterna saudade do passado, ajuda-nos a viver o presente, e faz-nos sonhar com o futuro.
No entanto, muitas vezes, esperamos demais do amor e esquecemo-nos de um principio básico: precisamos, antes de tudo, de nos amarmos, para poder plenamente e Bem Amar o
outro ou algo!
Por isso, em cada texto deste meu livro está um pouco deste “meu amor”, nem que seja o amor que senti ao papel quando nele derramei a tinta que lhe deu vida.
Acredito sempre que o amor ainda nos pode salvar.

Frankelim Amaral

Informação adicional

Peso 0.100 kg
Dimensões (C x L x A) 21 x 15 x 0.50 cm